Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Moro pode “trazer novidades” a propagandas de cerveja e refrigerante
Moro pode “trazer novidades” a propagandas de cerveja e refrigerante
Secom/MJ
por  Secom/MJ
05/02/2020 09:21 – atualizado há 1 mês
Continua depois da publicidadePublicidade

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, pode mudar as regras da publicidade infantil e, inclusive, abriu uma consulta pública sobre o tema. Entre os alvos, estão anúncios de refrigerantes e de cerveja, com a obrigatoriedade de que atores em comerciais da bebida aparentem ser maiores de 25 anos. A consulta pública ficará aberta até o dia 27 de fevereiro, no site do ministério.

Preocupada com o excesso de publicidade, a relações públicas, Priscila Bassan, afirma que “justamente por causa das propagandas, a gente controla ao máximo, porque vê e tudo o que vê, quer”. Já o filho, de Priscila, Rafael diz que as propagandas incentivam. “Quando você tá assim, com a família, assistindo tv, e aparece uma propaganda interessante, você acaba se interessando”.

A proposta, ainda em consulta pública, propõe coibir algumas práticas, entre elas, provocar discriminação, colocar crianças em situações incompatíveis com sua condição de “hipervulnerabilidade”, empregar crianças como modelos para vocalizar sugestão de consumo. Também fica proibida qualquer ação de merchandising ou publicidade indireta com finalidade de captar a atenção desse público específico, qualquer que seja o veículo utilizado.

Já peças de promoção de refrigerantes não poderão utilizar modelos “muito acima ou abaixo do peso normal”. Crianças não poderiam participar como atores ou figurantes em anúncios de bebidas alcoólicas. E mensagens publicitárias de remédios não poderiam induzir ao consumo pelo público infantil.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE