Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Política
Assembleia vota pedido de convocação extraordinária nesta segunda-feira
Governador Eduardo Leite quer que nove textos sejam votados em plenário na última semana de janeiro.
Rádio Guaiba
por  Rádio Guaiba
26/01/2020 21:22 – atualizado há 2 meses
Continua depois da publicidadePublicidade

A Assembleia Legislativa vota, em sessão extraordinária, a partir das 15h desta segunda-feira, o pedido de convocação extraordinária, encaminhado pelo governador Eduardo Leite, para que nove textos sejam votados em plenário na última semana de janeiro. Antes, às 14h, os líderes de bancada e partidos reúnem-se na sala da Presidência para discutir a ordem de votações. A expectativa é de que os projetos sejam analisados em plenário entre terça e sexta-feira.

Sete deles fazem parte do pacote de reforma estrutural das carreiras e da previdência do funcionalismo. Cinco foram reformulados e protocolados novamente pelo Executivo: os que envolvem a previdência dos militares, o Estatuto dos Servidores Civis, o subsídio dos militares, o plano de carreira do Magistério e o subsídio do Instituto Geral de Perícias. Outras duas propostas já enviadas à Assembleia não serão substituídas pelo Executivo: a proposta de emenda constitucional que atualiza regras previdenciárias e altera carreiras dos servidores, e o projeto que modifica a aposentadoria especial da Polícia Civil.

Cpers se mobiliza

O Cpers Sindicato, que representa o magistério, promete pressionar os deputados “pela defesa da escola pública e dos direitos da categoria.” Os professores devem permanecer na Praça da Matriz até o fim dos trabalhos do Legislativo.

Antes, a partir das 9h desta segunda-feira, os professores fazem ato, em frente ao Tribunal de Justiça, pedindo agilidade no julgamento do recurso da entidade contra o corte de ponto de servidores que fizeram greve.

Na sequência, a categoria segue em marcha até a Assembleia Legislativa e instala um acampamento na Praça da Matriz.

Projetos de fora do pacote

O Executivo apresentou ainda mais dois projetos para serem votados durante a convocação extraordinária. Um deles permite que bens imóveis pertencentes ao Estado sejam dados em pagamento para quitar débitos com os municípios, e o outro promove alterações no Sistema Estadual de Apoio e Incentivo a Políticas Estratégicas (Sisaipe), que articula o Pró-Cultura RS, o Pró-Esporte RS e o Pró-Social RS.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...