Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cpers fará mobilização em frente à AL contra pacote do governo
Após 57 dias de greve, a categoria decidiu encerrar a paralisação na última terça, 14.
Rádio Guaiba
por  Rádio Guaiba
23/01/2020 15:05 – atualizado há 2 meses
Continua depois da publicidadePublicidade

O Cpers vai mobilizar educadores de todo o Estado para acompanhar as sessões da Assembleia Legislativa em que serão analisados os projetos do pacote emergencial encaminhado pelo Piratini. Conforme o sindicato, os professores devem pressionar os deputados “pela defesa da escola pública e dos direitos da categoria.” Após 57 dias de greve, a categoria decidiu encerrar a paralisação na última terça, 14.

Na assembleia que votou pelo fim da greve, o dia 27 de janeiro já havia sido reservado para a manifestação contra os projetos. Os professores devem permanecer na Praça da Matriz até o fim dos trabalhos do Legislativo, previsto para quinta-feira, 30. Antes, às 9h do dia 27, os professores realizam ato em frente ao Tribunal de Justiça, onde os docentes pedirão agilidade no julgamento do recurso do Cpers contra o corte de ponto de grevistas.

Na sequência, a categoria segue em marcha até a Assembleia Legislativa e realiza a instalação do acampamento. Entre os projetos contra os quais a categoria luta, estão a PEC 285, que altera a Constituição Estadual, além dos PLs 02/2020 e PL 03/2020 (nova redação do PL 507), que institui o novo Plano de Carreira do Magistério.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE