Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Luiz Carlos Souza)
Nova bacia de evolução do Complexo Portuário de Itajaí recebe primeiro teste com navio de 300 metros
Giro de R$ 170 milhões: manobra de navio no Rio Itajaí-Açu é inédita na América do Sul. O navio foi rebocado de ré até a área da bacia, dando sequência para o giro de 180º.
Secom/SC
por  Secom/SC
16/01/2020 21:34 – atualizado há 2 meses
Continua depois da publicidadePublicidade

O Complexo Portuário de Itajaí realizou, nesta quinta-feira, 16, a primeira manobra especial de teste na nova bacia de evolução. A manobra foi executada com o navio “Valor”, de 300 metros de comprimento e 48,3 metros de largura (boca) e durou cerca de 1h e 40 minutos. 

A ação foi permitida por conta da obra de dragagem realizada para o aumento da capacidade da Bacia de Evolução, concluída em abril de 2019, além de investimento complementar do Porto de Itajaí e da Portonave.

A manobra, efetuada pela primeira vez no Brasil, iniciou no berço 02 da Portonave. O navio foi rebocado de ré até a área da bacia, dando sequência para o giro de 180º.

A nova bacia contempla 500 metros de diâmetro e 14 metros de profundidade. O investimento de R$ 141,9 milhões do Governo do Estado possibilita a atracação de navios de 335 a 366 metros de comprimento e 48 a 52 metros de largura.

O Complexo Portuário de Itajaí é segundo maior em operações de contêineres no Brasil, representando quase 4% da balança comercial brasileira e 60% dos produtos produzidos em Santa Catarina. A estimativa é que com a chegada de navios maiores, aumente em 30% a movimentação de contêineres - o que representa R$ 27 milhões a mais de receita nas atividades ligadas ao setor portuário.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE