Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Mulher morre após ser agredida com bomba de chimarrão em Porto Alegre
O ex-companheiro dela, preso em flagrante pela BM, é o principal suspeito do feminicídio que aconteceu na manhã de domingo, mas só foi divulgado ontem (08).
GZH
por  GZH
09/01/2020 10:23 – atualizado há 2 meses
Continua depois da publicidadePublicidade

Uma mulher de 34 anos foi morta na zona norte de Porto Alegre após ser agredida na manhã de domingo (5) com chutes e com golpes de bomba de chimarrão. Simone Ferreira, 34 anos, chegou a ser levada ao Hospital Cristo Redentor, mas não resistiu e morreu na segunda-feira (6) — o feminicídio foi divulgado nesta quarta-feira (8).

Segundo a delegada Tatiana Bastos, o principal suspeito é o ex-companheiro da vítima. Para a Polícia Civil, o homem invadiu a casa de Simone no bairro Santa Rosa de Lima por volta das 7h, quando começou as agressões. Ele teria quebrado objetos da moradia e, depois, atacado Simone com chutes e garfadas. Por fim, segundo a polícia, golpeou a ex duas vezes com uma bomba de chimarrão.

— Ela gritou, pediu ajuda, e uma vizinha tentou intervir, mas ele acabou matando com duas estocadas de bomba de chimarrão — explicou a delegada em entrevista ao G1RS.

Em razão dos gritos durante a discussão, vizinhos acionaram a Brigada Militar, que chegou no local e conseguiu prender o homem em flagrante. Ele possui outros antecedentes criminais e permanece preso.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE