Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Divulgação/PRF/SC
PM persegue moto com casal e criança e provoca acidente em Balneário Camboriú
A moto era conduzida por um rapaz de 21 anos que carregava a companheira e uma criança de um ano e nove meses. Eles estavam a caminho da creche e do trabalho.
NSCTotal/Redação
por  NSCTotal/Redação
08/01/2020 13:45 – atualizado há 2 meses
Continua depois da publicidadePublicidade

Um acidente com duas vítimas feridas interditou parte da rodovia BR-101 em Balneário Camboriú, no litoral catarinense, nesta quarta-feira (8) de manhã. Segundo as primeiras informações repassadas pela Autopista Litoral Sul, a colisão ocorreu por volta das 8h no Km 136 da rodovia.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o acidente ocorreu após uma perseguição envolvendo uma viatura da Polícia Militar e uma moto que tinha três ocupantes: um casal e uma criança. Conforme as informações divulgadas, os policiais teriam tentado abordar a moto transitando em Balneário Camboriú, mas o condutor não parou e iniciou uma fuga. Ele fugiu e entrou na BR-101, com a viatura da PM seguindo a moto pelo acostamento.

Conforme o relato da PRF, em certo momento o motociclista precisou desviar e foi para o acostamento, colidindo contra a viatura da PM que os seguia. A moto era conduzida por um rapaz de 21 anos que carregava a companheira e uma criança de um ano e nove meses. A criança estava no meio do casal e não usava capacete.

A criança e a mãe se feriram e foram encaminhadas ao hospital, enquanto o pai — que conduzia a moto — saiu ileso. Além da PRF, equipes do Samu e do Corpo de Bombeiros fizeram o atendimento.

O acidente foi no sentido Curitiba e causou momentaneamente a interdição completa das duas pistas da BR-101, o que gerou um congestionamento de quatro quilômetros na região. Por volta das 8h30min uma das pistas foi liberada pela Polícia Rodoviária Federal.

O movimento obrigou a PRF e a Autopista a acionarem um modelo de siga e pare no túnel do Morro do Boi, entre Balneário Camboriú e Itapema, para evitar contaminação dentro do túnel por causa do tráfego parado.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE