Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
COM FOCO NA QUALIDADE E SEGURANÇA ASSISTENCIAL | Hospital de Caridade implanta sistema de monitoração central na UTI Adulto
Sistema que utiliza tecnologia de ponta, qualifica ainda mais o serviço do Hospital
Assessoria
por  Assessoria
16/12/2019 12:53 – atualizado há 3 meses
Continua depois da publicidadePublicidade

HC é o único hospital a contar com esta nova tecnologia na região Alto Uruguai.

 

A nova UTI Adulto do Hospital de Caridade de Erechim, além do espaço diferenciado, mais amplo, confortável e usual, agora conta também com sistema de monitoração central, oferecendo aos pacientes o que há de mais moderno em tecnologia para garantir melhor cuidado e segurança assistencial.

Estrutura e funcionalidades

Segundo a Administração do HC, o investimento realizado contemplou 10 novos monitores e uma Central de Monitoração. Com isso, a coleta dos dados clínicos dos pacientes na UTI Adulto é realizada de forma eletrônica e automática, através de monitores de última geração. Além disso, os dados são dispostos em 03 telas, sendo duas de grande porte, para acompanhamento da equipe assistencial em tempo real, sendo por fim integrados automaticamente com o prontuário eletrônico do paciente.

O sistema mostra em tempo real, entre outros, a frequência cardíaca com o traçado do eletrocardiograma, saturação de oxigênio, capnografia, pressão arterial (não invasiva ou invasiva) e temperatura, além da frequência respiratória.

O Hospital de Caridade de Erechim é o único hospital a contar com esta nova tecnologia na região Alto Uruguai.

Melhora da assistência e maior segurança para o paciente

Os novos aparelhos substituem a coleta de dados manual, otimizando a atuação das equipes médicas e de enfermagem, facilitando, entre outros, o contato com os sinais vitais dos pacientes e suas eventuais oscilações ao longo do período de internação de forma eletrônica.

Conforme a coordenadora da UTI Adulto, Enf. Maritânia Wittzinski, “com a sistematização e as possibilidades da monitoração central é proporcionada uma maior segurança ao paciente, além de dedicar mais atenção e tempo para as intervenções voltadas à melhora do seu quadro clínico”. 

A UTI Adulto do HC dispõe de oito leitos operacionais para pacientes que precisam de cuidados intensivos.

 


Salus Loch/Secom/HC

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...